Etapa Belém do Seminário Carajás 30 Anos tem início esta semana

Começa no próximo dia 9 de abril de 2014, quarta-feira, seguindo até o dia 11 de abril, a Etapa Belém do Seminário Carajás 30 Anos: resistências e mobilizações frente a projetos de desenvolvimento na Amazônia oriental. O evento acontece no Campus da Universidade Federal do Pará, com apoio de diversas instituições da região (veja no blog do Seminário Local, aqui).

As mesas de debate serão transmitidas ao vivo, pela internet, através da PósTV (http://www.postv.org/). O Seminário é um processo amplo, que já passou por Imperatriz, Marabá e Santa Inês. Em maio, São Luís sediará a Etapa Final.

 

O Seminário Internacional “Carajás 30 anos” é construído por um processo de seminários preparatórios, culminando com o Seminário Final, em São Luís, no período de 5 a 9 de maio de 2014, na Universidade Federal do Maranhão. O objetivo do evento é dar continuidade às discussões e avaliações da atuação e impacto do Programa Grande Carajás, ao longo desses 30 anos.

Um dos coordenadores do Seminário é o professor William Santos de Assis, do Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural (NCADR) da UFPA. Ele diz que o seminário é necessário para avaliar criticamente os 30 anos do Programa Grande Carajás. “A partir do tema central, ‘Desenvolvimento’, vamos discutir consequências sociais, ambientais, econômicas e culturais”, afirma.

O evento é direcionado para movimentos sociais, comunitários, sindicatos, pastorais, grupos de estudo e pesquisas de universidades do Pará e do Maranhão, assessores e especialistas em movimentos socioambientais da Amazônia, em colaboração com entidades de outras regiões do país e do mundo e público em geral.

Participação - O Seminário Carajás 30 Anos abre espaço para que representantes das comunidades impactadas pelo programa Grande Carajás e pelos grandes projetos levem ao público informações sobre problemas não considerados nos discursos sobre desenvolvimento e, dessa forma, incentiva a formação de pensamento crítico em torno do assunto. “Esperamos a participação de alunos dos mais diferentes cursos da UFPA e outras instituições de ensino do Estado”, complementa o professor William de Assis.

A atuação da UFPA no Seminário, além da organização do evento, se dá com a participação de vários docentes em mesas e oficinas, baseadas em suas atividades de pesquisa e de seus alunos. “Sendo a Universidade um espaço público destinado ao ensino, à Pesquisa e à extensão, uma de suas funções é promover atividades que estimulem uma atitude reflexiva sobre temas atuais que afetam a sociedade. O Seminário tem esse caráter”, explica o coordenador. A expectativa é a de que o seminário se constitua em um espaço de socialização, reflexão e de articulação em torno dos temas debatidos.

Ao todo, já foram realizadas três etapas preparatórias, em Imperatriz, Marabá e Santa Inês. A Etapa Belém tem, entre seus coordenadores, o Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural (NCADR), Programas de Pós-Graduação da UFPA (Ciências Sociais, Serviço Social e em Agriculturas da Amazônia), MST, Fase, Sociedade Paraense de Direitos Humanos, entre outras instituições.

Programação - A Etapa Belém terá cinco mesas-redondas e cinco oficinas, que giram em torno de temas como “Amazônia”, “Economia”, “Trabalho”, “Direitos Humanos”, “Movimentos Sociais”, “Indicadores socioeconômicos e ambientais” e “Resistências”.  Confira aqui  a programação.

Serviço:
Seminário Internacional Carajás 30 anos – Etapa Belém
Data: 9 a 11 de abril de 2014
Local: UFPA/Auditório do ICJ
Para acessar a programação, clique aqui .
Mais informações: Fone (91) 32017913/

E-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  /
Acesse também o Blog do evento

Informações – Assessoria de Comunicação da UFPA

Veja também:

Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos: O que é o Seminário Carajás 30 Anos

Amazônia Informa: 30 anos de Programa Grande Carajás é debate de Seminário Internacional em Belém 

Rede GTA (Grupo de Trabalho Amazônico): Seminário Internacional Carajás 30 anos: resistências e mobilizações frente a projetos de desenvolvimento na Amazônia oriental

Ecos de Carajás: Encerrada a etapa Marabá: Seminário Carajás 30 anos