Começa Seminário em Santa Inês

Final de semana de intensas atividades com as etapas locais de Marabá/PA e de Santa Inês, no Maranhão. Veja relato da Etapa Santa Inês das discussões sobre os grandes projetos de desenvolvimento na Amazônia Oriental e as mobilizações sociais que eles também geram.

Santa Inês sediará dois dias de evento que discute sobre os 30 anos do Programa Grande Carajás

 

 

Seminário Internacional Carajás 30 anos: resistências e mobilizações frente a projetos de desenvolvimento na Amazônia Oriental, esse é o tema do seminário que terá culminância nos dias 05 a 09 de maio de 2014, na Universidade Federal do Maranhão, campus do Bacanga, em São Luís – MA. Mas o evento já acontece desde o ano passado com a realização de etapas preparatórias em cidades do Maranhão e Pará.

Leia mais...

Mais instituições e entidades dos movimentos sociais e sindicais se unem ao Seminário Carajás 30 Anos

Em reunião com a Coordenação do Seminário Internacional Carajás 30 Anos, representantes da Central Sindical e Popular CSP-Conlutas (nacional e estadual/Maranhão), do Sindicato dos Bancários do Maranhão e da Apruma (Seção Sindical do Andes - Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), que representa os professores da Universidade Federal do Maranhão, receberam informações sobre a programação e estrutura do Seminário e puseram-se à disposição para somar esforços para a realização do evento, que reúne universidades, pesquisadores, estudantes, militantes sociais e comunidades para discutir os trinta anos de efeitos da implantação do Programa Grande Carajás nos territórios da Amazônia oriental, bem como os processos de resistência ao logo desse processo.

Leia mais...

Monitores preparam-se para o Seminário Internacional Carajás 30 Anos

Aconteceu na UFMA, na última sexta-feira, dia 14 de março de 2014, a reunião da Comissão de Monitoria do Seminário Carajás 30 Anos com os estudantes que se inscreveram para auxiliar durante a Etapa Final - São Luís - do Seminário Internacional, que acontece de 5 a 9 de maio no Campus da Universidade Federal do Maranhão. Este mês ainda terá as Etapas Santa Inês/MA, dias 21 e 22 de março de 2014; Marabá/PA, de 21 a 23 de março e, em abril, de 9 a 11, a Etapa Belém. Ano passado, em outubro, houve ainda a Etapa Imperatriz, que discutiu os impactos dos grandes projetos na região tocantina.

Além de auxiliar durante a realização da Etapa Final do Seminário Internacional Carajás 30 Anos: resistências e mobilizações frente a projetos de desenvolvimento na Amazônia oriental, os monitores desempenharão papel importante já agora, durante a Fase de Inscrição de trabalhos

Leia mais...