Mais instituições e entidades dos movimentos sociais e sindicais se unem ao Seminário Carajás 30 Anos

  • Imprimir
Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

 

Para Eloy Natan, do Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb/MA), esse é um evento que aproxima academia e os movimentos sociais, proporcionando que estes apresentem suas pautas, especialmente em relação às consequências da mineração no país. Ele se disse disposto a colaborar para que os sindicatos, em especial os filiados à CSP-Conlutas (como Seeb, Apruma, Sinasefe Monte Castelo e Sintrajufe) estejam presentes ativamente no Seminário.

Estrutura - Eloy Natan pôs ainda à disposição do Seminário Internacional a estrutura do Seeb, que conta com um conjunto de alojamentos nos quais participantes do Seminário Internacional poderão ficar alojados durante a realização da Etapa Final, em São Luís.

Também o Programa Bancários Em Ação, que vai ao ar duas vezes por semana na Rádio Educadora do Maranhão (560 KHz), às terças e quintas-feiras às 11h, tem duas edições especiais dedicadas ao Seminário: a primeira foi ao ar nesta terça, dia 18 de março, e a próxima, na quinta-feira, dia 20.

Professores em ação

Para o professor Rosenverck, a Apruma "tem todo o interesse em participar, contribuir e ajudar a construir o Seminário", o que foi reafirmado pela professora Cláudia Durans, da CSP-Conlutas, da Apruma e do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal do Maranhão.Por sua vez, ela ressaltou a articulação internacional que vem sendo feita na construção do seminário (apresentada pela Coordenação do Seminário), e que pode ser ampliada, dispondo-se a contribuir nesse sentido.

A ação dos professores já teve início, inclusive, incorporando-se ao Seminário Local de Santa Inês: o professor Welbson Madeira, da Apruma e do Departamento de Economia da UFMA, estará no seminário Local que mobiliza as regiões do Pindaré e do Alto Turi entre os dias 21 e 22 de março.

Para Zaira Sabry Azar, do MST, e professora do Departamento de Serviço Social da UFMA e do Grupo de Pesquisa em Serviço Social e Movimentos Sociais, ligado ao Programa de Políticas Públicas da UFMA, a entrada da entidade representativa da docência é de grande importância, podendo contribuir para estimular os estudantes a se inscreverem e a participar do Seminário. Ela ressaltou ainda o caráter do Seminário Internacional, que não é exclusivamente acadêmico, tampouco restrito à área de Humanas: podem se inscrever trabalhos de outras áreas, bem como dos movimentos sociais e das comunidades que se dispuserem a participar.

Saulo Arcangeli, das coordenações nacional e estadual da CSP-Conlutas e do Sintrajufe/MA, classificou a realização do Seminário Internacional como um "processo importantíssimo", cujas discussões perpassariam assuntos como privatização da Vale, Dívida pública, e os códigos da Mineração e Florestal. "O mundo vai estar colocado aqui", ressaltou.

Dessa forma, aos parceiros elencados até agora na construção do Seminário Internacional Carajás 30 Anos, somam-se entidades como Apruma, Bancários do Maranhão, CSP-Conlutas, que juntam-se a instituições e parceiros como os que seguem:

Coordenação:

Cáritas Brasileira Regional Maranhão

Forum Carajás

Grupo de Estudos: Desenvolvimento, Modernidade e Meio Ambiente (GEDMMA-UFMA)

Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)

Rede Justiça nos Trilhos (JnT)


Promoção:

Centro de Educação Pesquisa e Assessoria Sindical e Popular (CEPASP/Marabá)

Comissão Pastoral da Terra Pará (CPT/Marabá)

Comissão Pastoral da Terra Maranhão (CPT/Maranhão)

Comissão Pastoral da Terra (CPT/Pará)

Conselho Indigenista Missionário (CIMI)

Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE)

Grupo de Estudos em Desenvolvimento, Política e Trabalho (GEDEPT/UEMA)

Grupo de Estudos, Pesquisa e Debates em Serviço Social e Movimento Social (GESERMS/UFMA)

Grupo de Pesquisa em Mídia e Jornalismo (Gmídia/UFMA-Imperatriz)

Instituto Amazônia Solidária e Sustentável (IAMAS)

Jornal Vias de Fato

Missionários Combonianos – Brasil Nordeste

Movimento Debate e Ação - Marabá

Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural (NCADR/UFPA)

Observatório de Políticas Públicas

Observatório Sócioambiental do Sudeste Paraense

Programa de Pós Graduação em Serviço Social (PPGSS/UFPA)

Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas (PPGAA)

Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais (UFMA)

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional e Socioespacial (UEMA)

Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA)

Sociedade de Defesa dos Direitos Sexuais na Amazônia (Sodireitos)

Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH)

Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH)


Parceria:

Articulação Internacional dos Atingidos pela Vale

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)

Fundação Rosa Luxemburg

Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (IBASE)

Instituto de Políticas Alternativas para o Cone Sul (PACS)

Justiça Global

Movimento pelas Serras e Águas de Minas

Rede Brasileira de Justiça Ambiental (RBJA)

 

Apoio:

CNPq

FAPEMA

FHTA

FNS/CNBB

IBASE

IFMA

UEMA

UFMA